ADERES- AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO EM REDE SUSTENTÁVEL
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
VOTE AQUI:
O 3º SETOR É SOLUÇÃO PARA O SOCIAL NO BRASIL?
SIM:
+ou -
NÃO:
Ver Resultados

  • Currently 2.77/5

Rating: 2.8/5 (921 votos)




ONLINE
1




Partilhe esta Página




US$ 133,8 milhões para projetos de conservação:

O conteúdo do Instituto CarbonoBrasil possui direitos reservados, porém é liberado para organizações sem fins lucrativos desde que seja citada a fonte e incluída a URL para o portal. Em caso de dúvida, entre em contato. http://www.institutocarbonobrasil.org.br/redd_/noticia=737237#ixzz33CryjLhj

REDD+

Fundo arrecada US$ 133,8 milhões para projetos de conservação e uso sustentável de florestas

30/05/2014   -   Autor: Fernanda B. Müller   -   Fonte: Instituto CarbonoBrasil

 

 
 

A Agência para o Desenvolvimento Internacional dos Estados Unidos (USAID) anunciou que repassará US$ 133,8 milhões para o Fundo Climático Althelia, que oferecerá os recursos na forma de empréstimos para projetos de conservação florestal e uso sustentável da terra. O objetivo é remover 100 milhões de toneladas de carbono da atmosfera, o equivalente a emissão de 18,5 milhões de automóveis.

Através da Autoridade de Desenvolvimento de Créditos, a USAID fornecerá uma nova garantia de compartilhamento de riscos para empréstimos, que permitirá ao Althelia, o primeiro fundo do setor privado dedicado à conservação florestal nesta escala, financiar centenas de empresas de base florestal em países em desenvolvimento que dependem do manejo sustentável.

“Mais de 1,5 bilhões de pessoas dependem das florestas para atender às suas necessidades diárias, e a maioria delas estão em comunidades rurais pobres, incluindo cerca de 60 milhões de indígenas”, disse o administrador do USAID Rajiv Shah. 

“Ao criar incentivos para melhorar o manejo destas florestas, fornecemos um caminho para estas famílias saírem da pobreza extrema enquanto preservam ecossistemas críticos”, completou.

Empresas envolvidas com ecoturismo e agroflorestas, por exemplo, receberão empréstimos sob o programa, permitindo que expandam suas operações e tenham uma maior receita, o que deve desestimular o desmatamento e incentivar a recuperação das florestas.

Elas também poderão receber créditos de carbono para a venda no mercado voluntário de REDD+. Várias empresas e organizações sem fins lucrativos compram estes créditos para compensar suas emissões de gases do efeito estufa, apoiar a filantropia, ou investir.

“Esta garantia fornecida pela USAID permite que o capital privado flua em maior escala para o financiamento de modelos sustentáveis de uso da terra, que incentivam melhorias nos modos de vida, conservação dos ecossistemas e mitigação das mudanças climáticas”, comentou Christian del Valle, sócio do Althelia.

A USAID argumenta que ao abrir canais locais de financiamento, está fortalecendo empreendedores nos países em desenvolvimento a um custo mínimo aos contribuintes. A taxa cumulativa de todos os empréstimos apoiados pelas garantias da USAID é de 1,85%.