ADERES- AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO EM REDE SUSTENTÁVEL
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
VOTE AQUI:
O 3º SETOR É SOLUÇÃO PARA O SOCIAL NO BRASIL?
SIM:
+ou -
NÃO:
Ver Resultados

  • Currently 2.77/5

Rating: 2.8/5 (921 votos)




ONLINE
4




Partilhe esta Página




Primeiro Mapa-Mundi de Águas Subterrâneas:

Criado o Primeiro Mapa-Mundi de Águas Subterrâneas!

Com a crescente demanda global por água – especialmente tendo em vista as mudanças climáticas – este estudo fornece informações importantes para os gestores de recursos hídricos e desenvolvedores de políticas, bem como para pesquisas de campo, na hidrologia, ciência atmosférica, geoquímica e oceanografia.

 

A equipe, liderada por Tom Gleeson, da Universidade de Vitória, no Canadá, usou vários conjuntos de dados (incluindo dados de perto de um milhão de bacias hidrográficas) e mais de 40.000 modelos de águas subterrâneas para compor o mapa-múndi das águas subterrâneas.

O mapa ilustra o qual seria a profundidade, se pegássemos toda a água subterrânea moderna e a colocássemos por cima do continente.

Study-is-first-to-map-GeologyPage1Imagem: Karyn Ho

Os cálculos estimam um volume total de cerca de 23 milhões de quilômetros cúbicos de água subterrânea.

Para comparação, se fosse possível retirar essa água e depositá-la sobre a parte seca da Terra, ela poderia produzir um dilúvio que cobriria todos os continentes com uma profundidade de 180 metros – ou poderia elevar os níveis do mar em 52 metros se fosse espalhada sobre o globo inteiro.

Idade das águas

Do total das águas subterrâneas da Terra, apenas cerca de 0,35 milhão de quilômetros cúbicos é mais jovem do que 50 anos de idade.

Essa fração de “água jovem” recarrega-se através das chuvas e dos cursos d’água em uma escala temporal de algumas décadas, representando assim a parte potencialmente renovável das águas subterrâneas. Segundo Gleeson, as águas mais profundas são salgadas demais, isoladas e estagnadas, e deveriam ser vistas como recursos não-renováveis.

Veja também: O que são os Rios Voadores e Qual a sua Importância para os Brasileiros

O volume da água subterrânea moderna supera todos os outros componentes do ciclo hidrológico ativo e é um recurso renovável. Contudo, como está mais perto das águas de superfície e se move mais rapidamente do que as águas subterrâneas antigas, ela é também mais vulnerável às alterações climáticas e à contaminação por atividades humanas.

Entenda como ocorre a contaminação:

aguas-subterraneas

Bibliografia:

The global volume and distribution of modern groundwater
Tom Gleeson, Kevin M. Befus, Scott Jasechko, Elco Luijendijk, M. Bayani Cardenas
Nature Geoscience
Vol.: Published online
DOI: 10.1038/ngeo2590

Via  inovaçãotecnologicageologypage

Se você gostou deste artigo compartilhe com seus amigos!

CompartilharTweet about this on TwitterShare on Google+Share on Facebook