ADERES- AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO EM REDE SUSTENTÁVEL
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
VOTE AQUI:
O 3º SETOR É SOLUÇÃO PARA O SOCIAL NO BRASIL?
SIM:
+ou -
NÃO:
Ver Resultados

  • Currently 2.77/5

Rating: 2.8/5 (921 votos)




ONLINE
1




Partilhe esta Página




FAO: 80% da exploração agropecuária

O conteúdo do Instituto CarbonoBrasil possui direitos reservados, porém é liberado para organizações sem fins lucrativos desde que seja citada a fonte e incluída a URL para o portal. Em caso de dúvida, entre em contato. http://www.institutocarbonobrasil.org.br/agricultura1/noticia=737253#ixzz33UiaE3G1

Agricultura

FAO: 80% da exploração agropecuária na América Latina e Caribe vem da agricultura familiar

02/06/2014     -   Fonte: ONU Brasil

 

 

Cerca de 16,5 milhões das explorações agrícolas na América Latina e no Caribe pertencem à agricultura familiar. O número representa 60 milhões de pessoas, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira (29) pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), por meio da publicação Agricultura Familiar na ALC: Recomendações de Política.

“A importância da agricultura familiar para a segurança alimentar da América Latina e do Caribe é indiscutível. Isso já é reconhecido pelos governos da região, que colocaram os pequenos agricultores como uma das iniciativas prioritárias para o trabalho da FAO durante a última Conferência Regional”, afirmou o representante regional da FAO, Raúl Benítez.

De acordo com a publicação, oito de cada dez explorações agrícolas na América Latina pertencem à agricultura familiar; 56% delas (mais de 9,2 milhões) estão na América do Sul, 35% na América Central e no México (5,8 milhões) e 9% no Caribe (1,5 milhão).

Em todos os países da região o setor é majoritário na agricultura: em Antígua e Barbuda, Chile, Guiana, Suriname, Haiti, Honduras e Paraguai mais de 90% de todas as explorações pertencem ao setor, e em Granada, República Dominicana, Santa Lucia, El Salvador, Guatemala, Nicarágua, Panamá, Equador e Brasil mais de 80% delas fazem parte da agricultura familiar.

23% da superfície agrícola regional nas mãos de pequenos agricultores

A informação disponível, tendo como base 12 países da região, revela que cerca de 23% da superfície agrícola da América Latina e do Caribe estão nas mãos da agricultura familiar, uma proporção que varia de 13% nos países andinos e 34% nos países do Cone Sul.

Na região coexistem pequenas explorações – juntas com as de médio e de grande porte: a média do tamanho das explorações que pertencem à agricultura familiar alcança 13 hectares. Mas vale ressaltar que excluindo os países do Cone Sul dessa análise, o tamanho médio das explorações no resto da região cai a 2,51 hectares.

“Se considerarmos as contribuições do setor em relação a emprego e produção de alimentos, fica claro que falar da agricultura na América Latina e no Caribe é falar de agricultura familiar. São atores-chave e aliados fundamentais para alcançar a meta de fome zero em todos os países”, ressaltou Raúl Benítez.

Foto: FAO