ADERES- AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO EM REDE SUSTENTÁVEL
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
VOTE AQUI:
O 3º SETOR É SOLUÇÃO PARA O SOCIAL NO BRASIL?
SIM:
+ou -
NÃO:
Ver Resultados

  • Currently 2.77/5

Rating: 2.8/5 (921 votos)




ONLINE
1




Partilhe esta Página




TRANS 2015 SINDARPA:

Pleito antigo do setor produtivo paraense, transformar os rios do Estado em hidrovias é um desafio que volta à pauta de discussões, durante o VI Congresso Internacional de Transportes da Amazônia, evento que aconteceu em Belém, e que congregou empresários de todo o País, bem como da Holanda. O Congresso é apenas uma das programações que integram a 6ª edição da Trans – uma das maiores feiras de navegação da Amazônia.

 

O evento, promovido pelo do Sindicato das Empresas de Navegação Fluvial e Lacustre e das Agências de Navegação no Estado do Pará – SINDARPA, com apoio da Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária – FENAVEGA, da Confederação Nacional dos Transportes – CNT, com apoio da Federação das Indústrias do Estado do Pará - FIEPA,  Sindicato dos Armadores do Amazonas – SINDARMA, Sociedade Brasileira de Engenharia Naval – SOBENA, Universidade Federal do Pará – UFPA/FENAV, Governo do Estado do Pará e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE é voltado para o setor logístico, armazenamento, transporte de carga e de passageiro, além do mercado náutico, que foi a novidade deste ano.

 

Com 31 estantes, a Trans é uma ferramenta de propagação das empresas e produtos participantes. De acordo com os organizadores, a programação atraiu cerca de cinco mil  visitantes durante os três dias de exposição, que ocorreu na Estação das Docas, no espaço Boulevard das Feiras. Como novidade, o evento contou com uma ala náutica, que incluiu exposição de lanchas.

 

Outro diferencial da edição 2015 da TRANS é a integração com o mercado holandês. Um grupo de empresários dos Países Baixos participou do evento, que teve ainda o II Seminário Internacional Brasil x Holanda, realizada no dia 02/09. Segundo a avaliação do embaixador da Holanda no Brasil, Han Peters, o Pará tem um grande futuro no âmbito da navegação. “A saída pelo Norte é mais perto da Europa, da China, dos Estados Unidos, e outros países consumidores da produção brasileira. Aqui tem um vasto potencial, que será conhecido pela comitiva da Holanda que trouxemos para conhecer o estado”, revela. Durante a programação técnica do II Seminário Internacional Brasil x Holanda, foram abordados temas como o sistema de transporte hidroviário no Brasil; as experiências do sistema de transporte hidroviário

holandês; as empresas e seus serviços; visão empresarial da navegação interior brasileira; as novas perspectivas para o desenvolvimento da navegação interior e embarcações de recreio e mercado náutico.

 


PALESTRAS EM 01.08.2015 - Primeiro dia

 


PALESTRAS EM 02.08.2015 - Segundo dia

 

 

 

PALESTRAS EM 03.08.2015 - Terceiro dia